segunda-feira, 4 de novembro de 2013

FLORES DO CERRADO.

Movimento em pontos dourados
 Seria quem sabe, o reflexo do sol
Mas era ouro das flores. 
No tesouro do cerrado
Não sei ao certo se e estas flores são nativas do cerrado, ou se suas sementes se dispersaram de alguma residência próxima.  Elas me parecem muito familiares. 




O cerrado sempre me surpreende pela diversidade 








Esta está prestes a dispersar suas sementes.

A delicadeza me impressiona



Não resisti e trouxe algumas pra mim

Fotos. Lú Vilela

13 comentários:

  1. Fui assistir uma palestra de German Lorca um famoso fotógrafo paulistano que falando sobre a fotografia falou que a imagem ali se encontra mas a arte é feita pelo olho do artista...é verdade, a maneira como o fotógrafo olha a imagem é que revela a beleza que ali já existia. por isso é que a fotografia é arte. Mui lindas flores e fotos.
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Guaraciaba,
      É verdade, a fotografia passa mil sensações aos seus observadores, ainda mais aos dotados de extrema sensibilidade e penso: Quem assim observa irá fotografar com igual arte.
      Obrigada pelo carinho sempre presente nos seus comentários.
      Adorei. Bjs. Boa Semana pra você.

      Excluir
  2. Lu, que lindas imagens!!! Perfeitas mesmo, me fizeram lembrar do fragmento escriturístico que menciona os lírios do campo, que não fiam, não tecem, e no entanto Salomão em toda sua glória jamais se vestiu como um deles! (Parafraseei, citei a escritura conforme ela me veio a mente, sem consultar os livros sagrados, mas a ideia é essa mesma). Suas palavras são perfeitamente adequadas a beleza das imagens, trazem um encanto típico da vida interiorana, que tanto me deixa saudades... Obrigada por compartilhar conosco o 'ouro do cerrado'! Adorei!
    Beijos, meu carinho e minha admiração por ti. Uma ótima, maravilhosa semana!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que maravilhoso e apropriado seu comentário Susy, pois em tudo, por mais magnifico e ou simples que seja, tem o toque das mãos de Deus que à tudo sustenta, e a natureza vem provar isto com a exuberância e beleza que encerra. E ainda, nossas preocupações excessivas não existiriam se colocássemos nossa fé e esperança Nele.
      Obrigada Susy. Adorei.
      Ótima semana pra você também.
      bjs.

      Excluir
  3. Parabéns, Lourdinha! Tudo aqui é suave e natural.
    Sinto-me caminhando entre as flores do meu cerrado
    (nasci e vivi um bom tempo em Mato Grosso do Sul).

    Beijos e ótima semana!



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também amo o cerrado. vim ainda criança aqui para Brasilia, e vivi minha infância quase toda bem no centro dessa maravilha, adoro as árvore tortas, as flores e os frutos, O Mato Grosso é lindo mesmo, e as imagens da natureza que fizeram parte da nossa vida jamais se apagam,
      Bjs. Nádia.

      Excluir
    2. Oi Nádia, estas lembranças jamais nos deixam, eu também vivi minha infância entre flores, árvores tortas,cajuzinhos.Enfim tudo o que vem do cerrado me emociona.
      O Mato Grosso, também é belo.Imagino a sua saudade.

      Excluir
  4. Buenas, enhorabuena por el blog, me gustaría intercambiar enlaces contigo y que nos sigamos mutuamente.
    Un enorme saludo desde http://orgullobenfiquista.blogspot.com/
    http://bufandasybanderasamps.blogspot.com/

    Oi, parabéns pelo blog, gostaria de trocar links com você e nós seguimos um ao outro.
    Uma saudação enorme de http://orgullobenfiquista.blogspot.com/
    http://bufandasybanderasamps.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Lindo esse novo blog Lourdinha,adorei.
    Imagens lindas de viver.
    bjs
    Carmen Lúcia-mamymilu

    ResponderExcluir
  6. Olá Lourdinha,

    Lindas as imagens capturadas. Gosto das flores amarelas. São lindas.
    Seus versos iniciais estão uma belezura.
    Uma postagem refrescante.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  7. Olá Lourdinha, lindas essas fotos! Adoro percorrer locais assim! Respira-se ar puro e oferecem-nos muita tranquilidade. Penso que por vezes esses terrenos seriam quintas antigas onde havia jardins, ou então como diz os polens que se espalham. No entanto lembro-me de em criança haver nos campos, onde fui criada, flores muito belas e semelhantes às dos jardins! Deus é perfeito na sua criação. Um beijinho, apreciei muito o seu "post"! Tenha um lindo fim de semana. Ailime

    ResponderExcluir
  8. OI LU!
    TAMBÉM ADORO FLORES.
    E EM TUA FOTO QUANDO AS MOSTRAS, PERCEBE-SE UMA TERRA VERMELHA E SECA, COMO ACHO QUE É O NORMAL DO SERRADO, E VÊ-LAS ALI, FAZ O CORAÇÃO CANTAR E AGRADECER À BONDADE DIVINA...
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Lourdinha
    As flores do cerrado me fascinam sempre.
    Essas primeiras flores parecem mini-girassóis.
    A natureza te presenteou com lindas flores tão delicadas e peculiares.
    O arranjo que fizeste ficou maravilhoso.
    Beijos.

    ResponderExcluir